24 de mar de 2009

Pensando no Retiro - Parte 1



Ontem te deixei alguns questionamentos que nos nortearam quanto à preparação do Retiro Espiritual de seu Grupo de Coroinhas. Hoje vamos falar sobre as cinco primeiras perguntas, com detalhes.



1. Porquê e para quê realizar um retiro?


Parece uma pergunta sem sentido: "Ora, queremos realizar o retiro para... para...".


Pra quê o seu grupo quer realizar um retiro? Um reitor é um momento privilegiado onde podem ser trabalhados vários aspectos da vida e da caminhada do coroinha: seu aspecto emocional, humano-afetivo, social, religioso; seus conhecimentos enquanto coroinha; sua vida dentro da família. Portanto, resolver esta perguntar trará um bom encaminhamento do que será preciso para realizar o retiro.


Outra coisa a se pensar é: "o grupo quer fazer um retiro, ou quer apenas ficar fora de casa e do que vive diariamente, transformando o retiro num passeio?"



2. O que o Grupo espera deste retiro?


Aqui envolve pensar em que se deseja obter do retiro, quais serão os frutos que vocês querem tirar dele. Pense no que você quer ver nos coroinhas depois da realização do retiro: um grupo com mais espiritualidade, mais união, mais entrosamento, compromisso, etc.


A partir deste pensamento, defina o que você espera do grupo, pós retiro. Você saberá com isto, por onde começar a planejar o retiro, ou seja, de acordo com as necessidades que serão impostas pelo que se espera do grupo, quando da realização do retiro.



3. O retiro terá quantos dias de duração?


O grupo pretende fazer um retiro, uma manhã, um dia de espiritualidade...? Muitas vezes (mas muitas mesmo) realizar uma manhã ou um dia apenas de retiro espiritual, trará mais frutos do que vários dias. Nunca se sabe a disposição dos coroinhas a partir do início de um retiro. Converse com o grupo, discuta a realidade deste:



  • Temos condições financeiras, humas e materias para realizar um retiro longo?

  • Vale a pena um retiro curto? e um longo, de três a cinco dias por exemplo.

  • O que os pais de coroinhas menores de idade pensam a respeito do retiro, quer seja de um, dois a cinco dias?

Procure também saber a opinião do ároco e de outras pessoas, de outras pastorais que já realizaram retiros. Com certeza elas terão muita experiência e muitas liçoes que tiraram deles. ;-)



4. O grupo tem recursos (financeiros, materiais e humanos) para a realização do retiro? E se este for de mais de um dia?


Um retiro implica alguns gastos e empenhos:


Financeiros e materiais:



  • transporte (dos coroinhas, de formadores, de pais, de cozinheiras, etc), hospedagem, alimentação, higiene pessoal e do local, material de secretaria (xérox, cartões, materiais de dinâmicas e jogos), etc.

Humanos:



  • Formadores, dinamizadores, espiritualizadores, coordenadores, etc.

Acrescente alguns outros pontos e comece a conversar com os coroinhas sobre esta parte.



5. Caso o grupo precise dormir no local do retiro, quantos coroinhas não participarão do retiro, julgando-se que alguns pais não permitam a participação de seus filhos, neste caso?


Frequentemente alguns pais não permitem a participação de seus filhos, por diversos motivos: não participação de adultos ou responsáveis, devido ao local ser longe ou fora da cidade, pela possível falta de maturidade da coordenação, e outros fatores.


Dica: primeiro combine uma reunião com os pais e responsáveis dos coroinhas e mantenha-os informados do planejamento do retiro. Assim eles passarão a ter mais comfiança e darão crédito ao retiro. Outro aspecto que julgo importante é a presença de um adulto responsável no retiro. Os próprios pais, dois ou três deles, podem colaborar até mesmo com formações e outras funções.


Para finalizar esta primeira parte, penso que você tenha percebido que sou contra retiros longos. Você está certo. Acredito que um retiro não pode ultrapassar três dias de realização. isto acabará transformando-o numa espécie de passeio.


Amanhã falaremos dos outros cinco questionamentos e, depois, passaremos a planejar o reito passo-a-passo, a partir de uma reunião de planejamento da coordenação, passando por reuniões compais e com os próprios coroinhas, até a realização do retiro em si. Até lá!!!



Qualquer dúvida, crítica construtiva ou sugestão, deixe um comentário abaixo. ;-)


0 comentários:

Postar um comentário

Antes de publicarmos o seu comentário ele deverá passar por avaliação do Autor do Blog.

Comente este Artigo.
Ou apenas quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Portal do Coroinha
Agradece pelo seu comentário
Deus abençoe você e toda a sua família!!!