22 de ago de 2010

Novo Autor ao blog

É com muita alegria que me apresento: sou Felipe Cunha Lima, mais conhecido na blogosfera como Flinck.
Ontem o Francisco Robson, me designou como autor deste blog para escrever novos artigos, pois está com pouco tempo para escrever novos artigos aqui no blog, pois ele está terminando os estudos da faculdade e irá se formar em História.
Moro em Capanema aqui no Pará, tenho 16 anos de idade, sou acólito/coroinha à 2 anos e muita coisa que sei hoje, aprendi aqui no blog do Portal do Acólito.
A partir de amanhã irei postar um artigo para iniciar, vocês poderão me encontrar nas seguintes redes sociais:

Orkut: Felipe Cunha - http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=13958376258775728996
Twitter: @felipecunha3 - http://twitter.com/felipecunha3
E-Mail e MSN: felipecunha3@yahoo.com.br

Escrevam comentários abaixo com perguntas, e dicas para postagens, peço a ajuda e a compreensão de vocês.
Até logo.

3 comentários:

  1. olá felipe meu nome é leonardo sou da omunidade santíssima trindade no Parque alvorada luzianio-GO
    eu pedi para que o francisco postasse sobre o turiferário naveculário mitrifero baculifero librifero e desse algumas dicas de como preparar o missal para a santa missa pois estou começando meu trabalho como cerimoniário e não teno curso pois por aqui não há muitos cerimoniários, e diz pra ele que mandeu um abralço e desejo boa sorte na faculdade e que ele termine logo pra vir postar mais.
    Valew.

    ResponderExcluir
  2. Acabo de indicar o Blog para nossos acólitos.
    Parabéns!
    Fr. Cardoso, ocd
    Pároco Basílica Santa Teresinha, Rio de Janeiro
    www.basilicasantateresinha.org.br

    ResponderExcluir
  3. Olá pessoal, meu nome é Michel e sou acólito na paróquia da Ressurreição em Uberaba. Bem Felipe, acho que eu posso te ajudar neste caso:
    * Ao preparar o Missal Romano você deve ficar atento ao que se pede no diretório liturgico. Os ofícios do dia são o que vai te dizer como deve-se marcar o missal naquele dia. Peguemos o exemplo de amanhã: Ofício de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Prefácio e orações próprias. Leituras do dia. Benção solene.
    Antes de maracar você deve falar com seu pároco para que ele lhe oriente se usará a benção solene ou não. O missal romano necessita de aulas práticas com ele. Assim será um pouco dificil de te explicar.

    * Quanto ao turíbulo e naveta você deve saber os momentos de utilização. Veja: Você o usará na procissão de entrada, na proclamação do Evangelho,na apresentação da ofertas e na consagração dos dons. Você não impõe incenso, isso é dever do padre. Aprenas lhe apresente o turibulo com a tampa erguida e ele colocará o incenso. A naveta apenas segue o turibulo, sendo destampada todas as vezes que você levar o mesmo até o padre ou bispo.

    * A mitra e o báculo são um pouco complicadas para você aprender ainda, pois requer um certo tempo e esta são funções de cerimoniários, mas vamos lá: o bispo usa mitra na entrada, para ouvir as leituras, para fazer a homilia, para ouvir avisos e alocuções e para dar a benção final ao povo. Ele não usa a mitra: no hino de louvor, na profissão de fé, nas ofertas, na consagração (aqui também se retira o solidéu). O báculo segue a mitra como o turíbulo e a naveta, mas ele não é utilizado ao ouvir as leituras e nas circunstâncias em que não se utiliza a mitra. Ele também usa báculo para proclamar o Envangelho, e logo após na homilia.

    Bem é mais ou menos isso aqui, espero que lhe tenha sido útil. As questões de formação litúrgica levam tempo e prática. Qualquer dúvida os mais velhos devem responder você. Ou então poste aqui que a gente te ajuda. Até mais!

    ResponderExcluir

Antes de publicarmos o seu comentário ele deverá passar por avaliação do Autor do Blog.

Comente este Artigo.
Ou apenas quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Portal do Coroinha
Agradece pelo seu comentário
Deus abençoe você e toda a sua família!!!