4 de dez de 2009

Dois fatos: "O que quis dizer com Dança na Liturgia" e "me reservo do direito de moderar comentários"


{{Não adianta tentarem me calar, nunca niguém vai abafar a minha voz}}

Vamos em partes:


1º Ponto: O que eu quis dizer quando falei em Dança na Liturgia:

Algumas pessoas não entenderam o que quis dizer com "Dança na Liturgia" ou "Pode sim dançar na Liturgia". Começo tentando explicar o termo Dança:

"Dançar é definido como uma manifestação instintiva do ser humano. A expressão do nosso coração nos dá a oportunidade de chegarmos a Deus com todo o nosso ser, com tudo o que temos e o que somos, afinal somos livres pela graça de Jesus!
Muitas vezes não entendemos que Deus criou todas as coisas, e não "só algumas" e todas as coisas são para o reino Dele. Às vezes costumamos limitar a presença de Deus em nosso meio achando que Ele se manifesta da maneira como pensamos ou queremos. Assim impomos situações e criamos preconceitos, sem saber que Deus pode receber o nosso louvor independente da arte que está sendo utilizada (música, dança, mímica, teatro etc). 
A dança é uma possibilidade de linguagem. Na Bíblia podemos encontrar inúmeras citações sobre a dança usada para o louvor e nos momentos de celebrações. O povo de Deus, no Antigo Testamento, por exemplo, dançava em suas festas com expressão de júbilo e agradecimento diante do Senhor. No livro de Samuel podemos observar que Davi adorava a Deus com todas as suas "forças" e é assim que temos que adorar a Deus, com todas as nossas forças. Foi o mesmo Davi que dançou e saltitou alegremente quando a Arca chegava em Jerusalém."

Preciso dizer mais alguma coisa? Não! Só ressaltar que não falei de qualquer dança ou ritmo.

Pergunto a você leitor, coroinha, acólito: "Você já observou em sua paróquia, durante a missa, algum ato que envolvia a dança: uma coreografia, uma música, etc? Tenho total certeza que sim, especialmente nas solenidades.


2º Ponto: Me reservo do direito de moderar comentários.


Muita gente pensa que a internet é um local em que se pode dizer ou fazer o que bem quer. Não! Internet não é território sem dono, nem leis. Muito pelo contrário, uma das coisas que, como blogueiro, eu mais prezo é a opção de moderar (aceitar ou não) os comentários. De mais de 500 comentários em meus blogs, apenas menos que 5 eu não publiquei.

Não publiquei tais comentários aqui no Portal do Acólito, por tamanho desprezo que algumas pessoas tem para com o meu trabalho. Aqui pretendo - e estou conseguindo - dar apoio aos inúmeros grupos de coroinhas e aos próprios  coroinhas principalmente, no sentido de formação integral para a caminhada neste Ministério.

Hoje acabo de descobrir que a pessoa que comentou aqui de forma irônica, mandando eu ir ler mais, quando ela quem não entendeu o termo litúrgico da dança, é, segundo outro leitor, um dos autores de um grande site sobre Liturgia. Espero que esta pessoa não esteja com medo de eu tomar o seu lugar na blogosfera, ou com inveja do meu trabalho.

Você me pergunta: Robson, você não aceita que pessoas tenham opiniões contrárias a você? Claro que aceito, não sou nenhuma ameba. Tanto que publiquei os comentários que mais me afetaram. O que não aceito, é que as pessoas expressem seus sentimentos de não concordarem com o meu ponto de vista, de forma um tanto preconceituosa, arrogante e irônica (se bem que sou irônico também).

Caro leitor: Peço desculpas por trazer até você esta discussão, mas precisava expressar meu ponto de vista.

E para finalizar este assunto de moderação de comentários, segue uma frase de parachoque de caminhão:

"A sua inveja é a velocidade do meu sucesso"

E um conselho Bônus:

Caro amigo, "Pra mostrar que você está certo, não precisa provar que o outro está errado". "Para que seu site/ blog cresça, você não precisa querer derrubar outros." Fica aqui o conselho.

0 comentários:

Postar um comentário

Antes de publicarmos o seu comentário ele deverá passar por avaliação do Autor do Blog.

Comente este Artigo.
Ou apenas quer entrar em contato conosco? Clique Aqui

O Blog Portal do Coroinha
Agradece pelo seu comentário
Deus abençoe você e toda a sua família!!!